quinta-feira, 15 de novembro de 2012

PM apreende 228g de drogas e diz que operação em favela é positiva




Uma semana após ocupar a região conhecida como favela do Simioni, na zona Norte de Ribeirão Preto (SP), a Polícia Militar divulgou nesta quinta-feira (15) o balanço da operação: 204 gramas de maconha e 24 gramas de cocaína foram apreendidas.

A pouca quantidade de drogas chama a atenção dos moradores, uma vez que o principal objetivo da ação é combater o tráfico no local, considerado principal ponto de comércio de entorpecentes da cidade. “Se aqui tem traficante, por que eles não foram presos ainda?”, questionou a comerciante Cristiane Garcia.

Para o auxiliar de depósito Sandro Crispim da Silva, a presença da polícia reduz a criminalidade, mas o resultado não é permanente. “Melhora por um lado, mas por outro não. Eles inibem [os traficantes] aqui, mas eles passam para outro bairro e depois voltam”, disse.

Polícia
A tenente da PM Liliane Rivoiro afirmou, porém, que a operação não pode ser considerada frustrada. "Nós temos um balanço bastante positivo em termos de segurança pública. O fato dos usuários, que são os clientes, não procurarem o local para comprar drogas é um resultado positivo”, disse.

Liliane explica que os policiais não possuem mandados de busca e apreensão para vistoriar barracos e residências, por isso, o trabalho é focado apenas em abordagem individual. “Quando fazemos um flagrante, significa que a nossa missão primária – que é inibir a criminalidade – não obteve sucesso. Essa visão de que só o flagrante resolve está equivocada", afirmou.

A tenente disse ainda que o serviço de inteligência da PM está monitorando os supostos traficantes, para identificar se os pontos de venda estão migrando para outras regiões da cidade. “Esse é um trabalho que não é aparente, mas é muito importante."

Balanço
Segundo a assessoria da PM, 1,5 mil pessoas foram abordadas e 754 veículos foram revistados desde a última quinta-feira (8), quando os policiais ocuparam as cinco entradas da favela do Simioni.

Durante a operação, um homem condenado por não pagamento de pensão alimentícia foi capturado e cinco menores foram detidos e liberados, sendo quatro por tráfico de drogas e um por dirigir uma motocicleta furtada.

Duas armas de uso restrito do Exército também foram apreendidas e 12 pássaros silvestres foram encontrados sem licença ambiental. A PM não informou quando deve deixar a favela do Simioni.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO