sábado, 17 de novembro de 2012

Polícias vão receber armas de choque para combater consumo de crack no País




O Ministério da Justiça vai distribuir para as polícias dos Estados brasileiros armas não letais para conter usuários de crack. A medida, prevista no programa do governo federal "Crack, é possível vencer", entregará sprays de pimenta e armas de choque, conhecidas como tasers, às autoridades estaduais.


A medida, porém, só será tomada pelos 12 Estados que assinaram o programa. São eles Acre, Alagoas, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.


O Ministério da Justiça reforça que a força policial só será usada após a intervenção das instituições de saúde e assistência social. Nestes Estados, as polícias estão sendo treinadas para adotar o emprego de armas de fogo apenas após esgotarem as chances de diálogo e após o uso de armas de menor potencial ofensivo, como spray de pimenta e os tasers.


Este tipo de atitude está previsto em tratados internacionais, que defendem o escalonamento do uso da força pelas polícias. O Ministério da Justiça, dentro do programa de combate ao crack, reforça que a força só seja usada em casos extremos, para garantir a segurança das pessoas envolvidas.


Renato Lombardi, comentarista da Rede Record, reforça a importância de se saber usar este tipo de equipamento, que pode até ser letal em alguns casos extremos.


— É necessário ter gente especializada e orientada que saiba utilizar esse material.


No começo do ano, o governo do Estado e a Prefeitura de São Paulo fizeram uma parceria para combater o uso de drogas na Cracolândia na região central da cidade. A medida, porém, não estava dentro do programa do governo federal, ressalta o Ministério da Justiça.


O investimento no "Crack, é possível vencer", já ultrapassa a casa de R$ 1 bilhão nos Estados participantes. Minas Gerais tem o maior aporte até agora, com R$ 476 mi do total.


Veja quanto na tabela abaixo o investimento de recursos federais em cada Estado no programa de combate ao crack.


Ministério já distribuiu 11.440 tasers pelo País


Antes do programa "Crack, é possível vencer", o Ministério da Justiça já havia repassado aos Estados armas de menor potencial ofensivo, entre elas, o taser. Já são 11.440 unidades distribuídas desde 2008 aos governos estaduais.


Fonte: http://www.r7.com

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO