terça-feira, 6 de novembro de 2012

São Paulo: Três ônibus incendiados e sete mortos na madrugada




Em São Paulo, três ônibus foram atacados por criminosos durante a madrugada. E mais sete pessoas morreram de forma violenta durante a noite e a madrugada.
A maior parte dos crimes aconteceu na Zona Norte de São Paulo. Primeiros houve o ataque aos ônibus. Uma pessoa morreu atropelada. Depois os seis assassinatos. Os criminosos passaram atirando.
Um cinegrafista amador filmou o ônibus queimando. O motorista contou que pelo menos 30 pessoas cercaram o veículo e mandaram os 40 passageiros descerem, antes de colocar fogo. Ninguém se feriu.
Por causa do ataque, um funcionário disse que a empresa de ônibus interrompeu cinco linhas que circulam pela região. “O único prejudicado é a empresa e a população, que fica sem o carro”, afirma.
Quem dependia dos ônibus teve que caminhar bastante pra chegar em casa. “A gente já está caminhando cerca de seis quilômetros, andando, cansado”, conta um homem.
A 500 metros do local, outro ataque a um ônibus da mesma empresa. O motorista disse que criminosos tiraram todos os passageiros de dentro, assumiram a direção, perderam o controle na descida e invadiram a calçada.
Duas pessoas foram atropeladas. Uma morreu na hora. O ônibus ainda destruiu a frente de uma casa e um poste. Os bandidos fugiram.
O acidente com o ônibus deixou parte de dois bairros da região sem luz. Logo depois que os policiais chegaram para prestar o atendimento a essa ocorrência, eles acabaram ouvindo alguns tiros que vinham de cima.
É a mesma rua de onde o ônibus bateu, fica a 100 metros de distância do acidente. E logo na esquina, três pessoas foram baleadas. Os homens conversavam na calçada quando os bandidos em um carro passaram atirando. Os três foram socorridos, mas dois morreram.
A violência continuou em outra rua. Criminosos dispararam mais de dez vezes em quem estava na frente de um bar. Quatro homens foram atingidos e três morreram.
Em outro bairro da Zona Norte de São Paulo, imagens exclusivas gravadas pelas câmeras de um prédio registraram mais um crime. Dois carros sobem a rua. Um homem armado sai do táxi e conversa com o motorista do carro preto. Ele atira quatro vezes.
O veículo desce desgovernado, de ré, e só para quando bate num caminhão estacionado. O atirador entra no táxi e foge. Minutos depois, quem passava pela rua tenta ajudar.
A polícia chega e socorre dois jovens. Tiago de Souza Serrão, de 27 anos, era o motorista e morreu. O irmão dele, que estava no banco do passageiro, ficou ferido com gravidade. Eles são filhos de um ex-policial da Rota. Um amigo dos dois conseguiu se esconder no banco de trás e não levou tiro.

Fonte: http://g1.globo.com

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO