terça-feira, 6 de novembro de 2012

Solidariedade palaciana




Um dia antes de pedir demissão do cargo de assessor especial do Ministério da Defesa, José Genoino conversou com Dilma Rousseff por telefone. Pediu que ela o demitisse. A presidenta se recusou a demitir o ex-presidente do PT, que acabara de ser condenado pelo Supremo Tribunal ­Federal. Embora venha se mantendo afastada do julgamento do mensalão, Dilma não nega solidariedade aos “companheiros”.

Por  Marta Salomon 

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO