segunda-feira, 12 de novembro de 2012

SP: operação em Paraisópolis tem 44 presos e 15 recapturados




O número de presos em flagrante na Operação Saturação em Paraisópolis, na zona sul da capital paulista, chegava a 44 até as 6h desta segunda-feira, segundo o balanço divulgado pela Polícia Militar (PM). Outros 15 procurados foram capturados e seis adolescentes foram apreendidos. Além disso, a ação recolheu no local 16 armas de fogo (dentre elas, três fuzis), uma granada, 351 munições, 37,8 kg de cocaína, 339,9 kg de maconha, 0,4 kg de crack e 50 unidades de drogas sintéticas.
A operação foi iniciada em 29 de outubro e quer reduzir os furtos e roubos na região, que tem mais de 80 mil habitantes. Também visa apreender armas e drogas, além de desmobilizar pontos de tráfico de entorpecentes. Os trabalhos contam com mais de 500 policiais, 100 carros, dois caminhões, 28 motocicletas, oito cães e 60 cavalos, além de um helicóptero Águia.
Desde o último dia 7, a operação foi estendida para outros locais do Estado. Na região da Freguesia do Ó e Parada de Taipas, na zona norte da capital, 16 pessoas foram presas e seis procurados foram capturados até hoje. A polícia apreendeu ainda 18 munições, uma arma de fogo, 29,7 kg de maconha e 0,2 kg de cocaína. Mais de 160 policiais atuam no local, apoiados por 47 viaturas e um helicóptero.
Em Guarulhos, na Grande São Paulo, a operação com mais de 110 policiais ocorre, principalmente, na comunidade São Rafael. De acordo com o balanço da PM, três procurados foram recapturados. Os policiais apreenderam também 10 veículos (cinco carros e cinco motos), 1,7 kg de cocaína e sete armas de fogo (dentre elas, dois fuzis). Os trabalhos contam ainda com 39 viaturas, uma aeronave e três cães.
Em Ribeirão Preto, a polícia apreendeu três adolescentes na Operação Saturação Impacto Combinado. Além disso, uma moto foi recuperada e duas armas de fogo foram apreendidas. Operação conta com mais de 80 policiais, 19 viaturas e seis cavalos.
Onda de violência 
Desde o início do ano, ao menos 90 policiais foram assassinados no Estado. Desse total, 18 eram aposentados e três estavam em serviço. Além disso, o Estado continua a enfrentar um grande índice de violência. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, só na capital houve um crescimento de 102,82% no número de pessoas vítimas de homicídio no mês de setembro, em comparação ao mesmo período do ano passado. Em todo o Estado, a alta foi de 26,71% no mesmo período.

Fonte: http://www.jb.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO