quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Suspeitos de roubo a banco e assassinatos são presos em Goiânia




Uma abordagem de rotina da Polícia Militar (PM), na noite de terça-feira (13), terminou na prisão de uma quadrilha suspeita de vários crimes. Entre eles, dois assassinatos em Caldas Novas, região sul do estado, na semana passada.

O indício do vínculo dos revistados com o crime surgiu quando o celular de um deles foi vistoriado e foram encontradas fotos de um jovem com armas de cano longo, fazendo pose, sem nenhuma preocupação. A PM chegou e descobriu que esse jovem tem 19 anos e já havia sido preso por homicídio.

Depois disso, os policiais foram até a casa do suspeito e lá encontraram armas calibre 38 e 22, porções de drogas, munições e mais fotos de armamento pesado e até de pessoas mortas em um computador. Nas imagens aparecem dois homens mortos em Caldas Novas na semana passada. A polícia diz que o jovem é o suspeito desses homicídios.

“O suspeito era amigo das vítimas. Porém, houve um desentendimento na hora de fazer o acerto dos produtos de roubo e ele acabou por se desentender com aquelas vítimas, vindo a matá-las”, afirma o tenente da PM Leonardo Bernardes.

Em outras fotos, os suspeitos mostram armas de diversos calibres, bebidas alcoólicas e drogas. Todo o material era postado inclusive em rede sociais. “Isso é como se fosse um troféu para eles. Como se eles fossem os bandidos mais criminosos entre o seu grupo. Por isso, eles publicavam essas fotos em redes sociais e faziam questão de aparecer e se exibir”, explica o tenente.

Os outros dois ocupantes do veículo são um homem de 21 anos, que já tinha passagem pela polícia por receptação, e um menor de idade. A suspeita é de que eles façam parte de uma quadrilha especializada em roubos de bancos e carros. Um quarto suspeito foi detido por último e, segundo a polícia, teria confessado que iria comprar armas do comparsa de 19 anos.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO