quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Tarso descarta onda de violência no RS, mas vê o estado 'preparado'




O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, afirmou que órgãos de segurança do Rio Grande do Sul estão em alerta quanto à onda de violência que atinge São Paulo e Santa Catarina desde o mês passado, como mostra reportagem da RBS TV (veja no vídeo ao lado). Com um discurso afinado com o chefe de polícia do estado, Ranolfo Vieira Júnior, Tarso descartou que atentados semelhantes aconteçam em solo gaúcho.


“Não há nenhum tipo de alarme a ser feito até agora. Não há nenhuma informação concreta de que estejam sendo preparados atos aqui. Nosso serviço de inteligência está controlando isso”, declarou o governador.


Tarso garantiu que, caso haja alguma ação do crime organizado no estado, as devidas providências serão tomadas. “Se acontecer, estaremos preparados para revidar à altura”, declarou.


Santa Catarina passou nesta quarta (14) pela terceira noite de ataques. Pelo menos seis ônibus foram incendiados no estado e três prédios de órgãos de segurança foram alvos de tiros. Já em São Paulo, seis pessoas morreram e 15 ficaram feridas entre a noite de quarta e a madrugada desta quinta.


Segundo a Polícia Civil de Caxias do Sul, na Serra gaúcha, um documento encaminhado pelo Departamento Estadual de Administração Prisional de Santa Catarina alerta que policiais gaúchos estejam sendo ameaçados. A Superintendência dos Serviços Penitenciários do Rio Grande do Sul (Susepe) nega a informação, e o delegado caxiense Paulo Roberto Rosa da Silva evita alarmar a população.


"São informes, apenas informes. Não podemos criar um temor na população como policiais civis e como membros da segurança pública. São fatos que não existem concretos", afirma.


Fonte: http://g1.globo.com

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO