sábado, 24 de novembro de 2012

Três pessoas são assassinadas na Grande BH em menos de 3h




Em nenhum dos crimes os suspeitos foram presos

A madrugada deste sábado foi violenta em Belo Horizonte e na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Pelo menos três pessoas foram assassinadas em menos de três horas. Em nenhuma das ocorrências, os suspeitos foram presos. Na Rua Célio de Castro, no Bairro Floresta, Região Leste da capital, um morador de rua acabou morto após levar oito tiros. 

De acordo com a Polícia Militar, populares acionaram a corporação depois de flagrarem um homem atirando contra a vítima. Militares seguiram até o local, que fica próximo ao Complexo da Lagoinha, e encontrou o homem caído no chão. Ao todo foram encontradas 13 cápsulas de pistola calibre 380. 

A vítima, que não teve o nome divulgado, foi atingida na barriga, peito, costas, pernas e no braço. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas o homem não resistiu aos ferimento e morreu. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte. Segundo a PM, o local do homicídio é usado por usuários de drogas. 

Já em Contagem, na Grande BH, um homem também foi morto a tiros próximo a um local onde estava sendo realizada uma festa no Bairro Parque Maracanã. A PM foi acionada por moradores que ouviram barulho de tiros. A viatura foi para o local e encontrou o corpo de Ilarino Gonçalves Pereira, de 35 anos, estava caído ao lado de um Kadett de cor azul. 

O Samu foi acionado, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. Pereira foi atingido por cinco tiros – dois nas costas, dois na cabeça e um no pescoço. A motivação e autoria ainda são desconhecidos. 

Também na Região Metropolitana de Belo Horizonte, um caseiro foi encontrado morto dentro de uma casa no Bairro Vila Cristina, em Betim. De acordo com a PM, a vítima, que é caseiro de um sítio, apresentava marcas de tiros pelo corpo.

Por João Henrique do Vale - Estado de Minas

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO