quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Veja os políticos que podem responder por crimes no caso Cachoeira




O relatório da CPI do Cachoeira, divulgado nesta quarta-feira (21), pede o indiciamento de 46 pessoas, entre elas importantes figuras da política nacional como o governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB). Além do tucano, outros 25 suspeitos de envolvimento com o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, são políticos ou servidores públicos.

Caso os pedidos sejam acatados, a maioria deles vai responder por crimes como formação de quadrilha e corrupção (ativa ou passiva). Entre os 26 suspeitos que fazem parte da vida pública do País estão ainda o prefeito de Palmas (TO), Raul de Jesus Lustosa, o deputado federal Carlos Alberto Leréia da Silva e o Procurador de Justiça e ex-senador Demóstenes Torres.

De autoria do deputado Odair Cunha (PT-MG), o relatório de 5.100 páginas deve ser lido nesta quinta-feira (22). A previsão era de que a leitura acontecesse nesta quarta, mas a sessão da CPI se transformou em um grande bate-boca entre os parlamentares, que acabaram adiando a pauta.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO