domingo, 23 de dezembro de 2012

Capitania dos Portos terá 110 militares na fiscalização de embarcações




Rio de Janeiro - A Capitania dos Portos do Rio vai utilizar um helicóptero, um navio patrulha, cerca de 20 embarcações de menor porte e um contingente de 110 militares para atuar na fiscalização da festa de réveillon nas praias de Copacabana e do Flamengo, na zona sul da capital fluminse, e em Icaraí, na região oceânica de Niterói. Somente na orla de Copacabana, são esperados mais de 2 milhões de pessoas, de acordo com a Riotur, empresa de turismo do munícipio.

Para a queima de fogos, 17 balsas ficarão posicionadas por 12 rebocadores, sendo 11 em Copacabana, três na Praia do Flamengo e três em Icaraí.

A Capitania dos Portos também é responsável pela organização dos navios de cruzeiro e das embarcações de turismo náutico, de esporte e recreio que ficam posicionados depois da arrebentação para assistir ao espetáculo de queima de fogos. Na orla da Praia de Copacabana, são esperados 13 navios de cruzeiro e cerca de 250 barcos de turismo náutico e de esporte e recreio.

A Capitania dos Portos fará no dia 28, de manhã, uma reunião de coordenação com os envolvidos nos shows pirotécnicos para reforçar os detalhes de segurança no mar. À tarde, os técnicos da Capitania farão inspeção prévia nas balsas, antes do deslocamento das embarcações para os locais onde ficarão para o espetáculo de queima de fogos na passagem do ano.

As embarcações de turismo náutico que deixarem o cais em clubes e nas marinas serão fiscalizadas com rigor para determinar se todos os requisitos de segurança estão sendo cumpridos.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO