quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Cinco suspeitos de roubar bancos em MT morrem em confronto com Bope




Homens foram baleados em tiroteio e morreram no Pronto-Socorro de Cuiabá.
Agências bancárias foram assaltadas há mais de um mês em Comodoro.

Cinco suspeitos de integrar uma quadrilha que assaltou duas agências bancárias em Comodoro, a 677 quilômetros de Cuiabá, morreram após troca de tiros com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) por volta das 22h desta quarta-feira (5), na região do Lago de Manso, em Chapada dos Guimarães, a 65 quilômetros de Cuiabá. Eles teriam roubado duas agências bancárias de forma simultânea há mais de um mês. Além deles, outros três suspeitos também foram mortos em confronto com a polícia.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado (Sesp) informou que o Bope chegou até os suspeitos a partir de denúncia anônima. Os assaltantes estavam de carro e armados. Eles reagiram à abordagem da polícia. Nisso, houve tiroteio e os suspeitos foram baleados. Em seguida, foram socorridos e encaminhados ao Pronto-Socorro de Cuiabá, onde morreram momentos depois.

De acordo com a assessoria da unidade de saúde, um deles já foi identificado e reconhecido pelos familiares, enquanto os outros quatro ainda estão sem identificação. Os corpos devem ser encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de necrópsia.

Outro suspeito
Além dos suspeitos que foram mortos, outro homem que supostamente fazia parte do grupo criminoso foi preso nesta quinta-feira (6) na Gleba Rio Vermelho, em Rondonópolis, a 218 quilômetros de Cuiabá. A Sesp informou que a polícia também o localizou após denúncia anônima e trabalho de investigação.
Dinheiro foi encontrado dentro de veículo com suspeitos de roubar banco 
(Foto: Reprodução/TVCA)

Confronto
No último dia 29, outro suspeito de participar do assalto aos bancos foi baleado durante perseguição policial na Rodovia Emanuel Pinheiro, no bairro Jardim Vitória, na saída de Cuiabá para Chapada dos Guimarães, e morreu.

Antes disso, há quase um mês, dois membros da quadrilha entraram em confronto com a PM no Trevo do Lagarto, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, e morreram no Pronto-Socorro da cidade. Eles foram detidos 10 dias após o roubo em uma barreira montada por policiais do Bope e do Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam). Eles estavam em quatro. Segundo a polícia, eles estavam armados com fuzis e fugiram a pé em direção a um matagal. No entanto, dois conseguiram fugir.

No carro que os suspeitos estavam foram apreendidos mais de R$ 1 milhão em dinheiro. Depois um deles foi preso ao ser resgatado por um casal em um matagal perto do local onde foi montado o certo e outro foi morto ao trocar tiros com a polícia. 

Assalto
No último dia 30, o grupo criminoso, composto por cerca de sete homens armados e encapuzados, invadiu e roubou duas agências bancárias e fez 15 clientes e funcionários reféns. Na fuga, ainda de acordo com a Polícia Militar, a quadrilha incendiou uma das caminhonetes e abandonou o veículo no entrocamento das rodovias BR-364 e BR-174. Eles libertaram os reféns na saída da cidade.

Por Pollyana Araújo

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO