segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Corregedoria da PM fiscaliza Unidade Prisional com celas luxuosas, no Rio




A partir desta segunda (17), Batalhão de Choque fará guarda do local.
Fotos de carceragem divulgadas pelo CNJ tinham poltrona e televisão.

A Corregedoria Interna da Policia Militar do Rio de Janeiro vai fiscalizar, nesta segunda-feira (17), Unidade Prisional (UP) da PM que foi alvo de várias de denúncias de celas com itens de luxo e regalias, como televisão, poltronas confortáveis e até perfumes importados. A corporação informou que o Batalhão de Choque (BPChq) é o novo responsável pela guarda e controle do local.
Cela da Unidade Prisional da PM do Rio (Foto: Reprodução/CNJ)

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o local, onde cerca de 300 policiais e ex-PMs cumprem pena, vai receber obras para padronizar as celas, adequando-as às regras de uma unidade militar, com horários fixos para refeições, entre outras coisas. O BEP vai continuar funcionando normalmente durante as reformas.

No último dia 3, o juiz Carlos Eduardo Carvalho de Figueiredo, da Vara de Execuções Penais do Rio de Janeiro, determinou que o BEP deveria passar por reformas imediatas.

O juiz também estabeleceu que o diretor do BEP retirasse imediatamente todos os eletrodomésticos das celas e das áreas comuns, que foram verificadas pelo Serviço de Fiscalização da Vara de Execuções Penais (VEP). Em caso de descumprimento da ordem, foi fixada multa diária no valor de R$ 1 mil.

Na última quinta-feira (13), a PM determinou a transferência imediata de 35 ex-policiais que cumpriam pena no local para a penitenciária Bangu 6, na Zona Oeste do Rio.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO