sábado, 1 de dezembro de 2012

Detentos de presídio no interior do AM realizam exames para detectar DSTs




Na véspera do Dia Mundial de Combate à Aids, que acontece neste sábado (1), detentos do presídio de Manacapuru, a 68km de Manaus, fizeram exames para detectar doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

A ação faz parte das atividades da Semana de Mobilização Nacional para Diagnóstico de Aids, sífilis, e hepatites, que está sendo desencadeada no município pela Secretaria de Saúde do Município. "Viemos aqui no presídio realizar essa campanha também para os detentos, que é de grande importância para a população daqui e de Manacapuru", disse o agente social, Paulo Henrique.

Segundo o diretor do presídio, Raimundo Dimas, o exame foi feito em todos os detentos. "Como amanhã é o dia nacional que se refere a este tipo de doença, estamos fazendo hoje o teste de HIV e de outras doenças sexualmente transmissíveis com todos os 48 detentos", afirmou.

Ações como essa visam atingir 100% da população de risco, para combater o aumento do número de casos de DSTs que vêm ocorrendo na cidade. De acordo com a Secretaria de Saúde do Município, 98 casos de Aids foram registrados em Manacapuru, dez deles foram detectados nos dez primeiros meses deste ano, o que já preocupa as autoridades de saúde da cidade.

"A tendência é aumentar, devido ao fluxo de turistas no final de semana, a Ponte Rio Negro. Entre as doenças sexualmente transmissíveis como sífilis e gonorreia, os índices são maiores que o HIV", explicou Paulo Henrique. Segundo o órgão, os resultados dos exame saem no tempo máximo de 45 minutos.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO