quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Jornal: presos fazem conferência via celular por quase 10 horas




A Polícia Federal flagrou, por meio da Operação Leviatã, desencadeada para combater o tráfico internacional de drogas, uma conferência telefônica entre criminosos presos e em liberdade que durou quase 10 horas. A interceptação aconteceu no dia 10 fevereiro de 2011, quando foi iniciada a conferência direto da Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo. Os participantes da conferência, ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC), discutiam a compra e venda de drogas no Paraguai e na Bolívia, o envio de maconha e cocaína para São Paulo, a distribuição para outros Estados e os investimentos que devem ser feitos com o dinheiro. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO