sábado, 1 de dezembro de 2012

Justiça manda libertar os irmãos Paulo e Rubens Vieira




São Paulo - O Tribunal Regional Federal (TRF), em São Paulo, mandou soltar os irmãos Paulo e Rubens Vieira. Eles foram presos na semana passada, na Operação Porto Seguro, por integrarem uma suposta organização criminosa que se infiltrou em órgãos públicos para comercializar e liberar pareceres técnicos.

Paulo foi afastado da diretoria de hidrologia da Agência Nacional de Águas, enquanto Rubens foi exonerado da diretoria de infraestrutura aeroportuária da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Eles estavam presos há uma semana e são acusados pela Polícia Federal de corrupção ativa, tráfico de influencia e formação de quadrilha, após diligências da Operação Porto Seguro,comandada pelo delego Roberto Troncon Filho. Ao conceder o habeas corpus, o TRF impôs duas condições aos irmãos: eles deverão comparecer à Justiça a cada quinze dias e não poderão sair do País.

Em Brasília, o Ministério do Planejamento anunciou a suspensão da concessão de uso das ilhas dos Bagres e Caneu, ambas em Santos. Os dois imóveis são ocupados pelo ex-senador Gilberto Miranda (PMDB-SP), que foi indiciado pelos federais na mesma operação. O ex-parlamentar é suspeito de pagar propina a servidores para usar as duas ilhas.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO