terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Policial ganha licença para roubar, sequestrar, matar...






Sempre que se recorre à exceção para combater a violência, o Estado de Direito paga um preço por isso. O plenário da Câmara aprovou a infiltração de policial no crime organizado para miná-lo. Tal policial pode sequestrar, roubar e matar sem responder criminalmente na Justiça, sempre que considerar que tal comportamento reforçará nos bandidos a crença de que ele é também um marginal – tudo isso para angariar confiança e obter informações. Toda vez que algum país lançou mão desse recurso, de duas uma: ou o policial é morto, porque é descoberto, ou acaba muitas vezes enlouquecendo e entrando na quadrilha.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO