sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

STF deve concluir julgamento do mensalão até quarta-feira




Além da questão da perda de mandatos, os ministros vão decidir se os condenados a penas de prisão devem ou não ir imediatamente para a cadeia

Joaquim Barbosa, presidente do STF e relator do processo do mensalão 
(Foto: Divulgação/STF)

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) querem encerrar o julgamento do mensalão, iniciado em 2 de agosto, nas próximas duas sessões da Corte, nas próximas segunda (10) e quarta-feira (12).

Os ministros decidirão, além da questão da perda de mandatos nos casos de quem tem cargos eletivos, se os condenados a penas de prisão devem ou não ir imediatamente para a cadeia. Outro assunto pendente é a aplicação de penas de multa aos condenados. Em novembro, o plenário decidiu fixar esse tipo de punição, num montante total de R$ 22,3 milhões.

Nesta quinta-feira (6), porém, o revisor do processo, Ricardo Lewandowski, propôs uma readequação dessas penas, sustentando que existem discrepâncias.

Se o julgamento terminar de fato na próxima semana, o caso mensalão terá consumido quase que integralmente o semestre.

No próximo dia 20, o tribunal entrará em recesso e somente voltará se reunir para votações em fevereiro. Durante o período de festas de final de ano e em janeiro, o STF funcionará apenas em esquema de plantão para analisar situações emergenciais.

Depois do recesso, em 2013, os ministros terão que julgar os recursos interpostos pela defesa dos condenados. Isso só ocorrerá após a publicação do acórdão da sentença, que, regimentalmente, deve ser publicado em 60 dias.

A expectativa é que o trânsito em julgado do mensalão só ocorra em meados do ano que vem, quando, aí sim, os réus sentenciados a mais de oito anos, como o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e o publicitário Marcos Valério, iniciariam o cumprimento de pena em regime fechado.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO