terça-feira, 11 de dezembro de 2012

TJ-RJ condena 11 milicianos da 'Liga da Justiça' que atua na Zona Oeste




Decisão foi resultado da Operação Pandora I, do MP-RJ, em 2011.
Todos cumprirão pena em regime fechado.

A Justiça do Rio condenou por formação de quadrilha, nesta terça-feira (11), onze milicianos que integravam a chamada "Liga da Justiça", milícia que atua na Zona Oeste do Rio. A decisão é da juíza Alessandra de Araújo Bilac Moreira Pinto, da 42ª Vara Criminal da Capital.

O processo foi resultado da Operação Pandora I, realizada em setembro de 2011. Na época, 17 pessoas foram denunciadas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público estadual (MP-RJ).

Foram condenados: Michel Cunha de Carvalho (11 anos e oito meses de reclusão); Ivo Mattos da Costa Junior (10 anos); Ruan de Oliveira Silva (seis anos e oito meses); Evandro Alves (nove anos e quatro meses); Bruno Leonardo de Matos Ferreira (nove anos); Márcio Vale de Souza (oito anos); Bruno Correia Martins (oito anos); Emerson Rodrigues Moraes (oito anos); Alex Rangel dos Santos (oito anos); Jaqueline Cunha de Carvalho (oito anos); Queli Cristina de Carvalho Rodrigues (oito anos). Inicialmente, todos cumprirão a pena em regime fechado.

Em março de 2009, o ex-vereador Jerominho Guimarães; o irmão, ex-deputado Natalino Guimarães; o filho Luciano Guimarães; Leandro Paixão Viegas, o Leandrinho Quebra-Ossos, além do ex-PM Ricardo Teixeira da Cruz, o Batman, também já tinham sido condenados pelo crime de formação de quadrilha armada. Eles eram considerados os principais integrantes dessa milícia, a maior do Rio de Janeiro

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO