quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

BAIRRO LOURDES - Governador inaugura nova sede do Tribunal de Justiça Militar





Em companhia do governador do Estado, Antonio Anastasia, e de representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, e do chefe do Gabinete Militar, Coronel Luís Carlos Martins, o comandante da Polícia Militar, Coronel Martins Sant´Ana, participou, na manhã desta terça-feira, 29, da inauguração da nova sede do Tribunal de Justiça Militar. O prédio fica na Rua Tomaz Gonzaga, 686, Bairro de Lourdes, Zona Sul de Belo Horizonte, onde antes funcionava a Secretaria de Planejamento de Estado e Gestão, transferida para a Cidade Administrativa. Também presente, o chefe do Estado-Maior da PM, Coronel Divino Pereira de Brito.

No início da solenidade, o governador explicou que “os servidores, militares e civis do TJMMG, terão melhores condições de trabalho já que o prédio foi adequado e adaptado para as necessidades do setor”. Anastasia disse, ainda, que, com a mudança das secretarias para a Cidade Administrativa, imóveis do governo tiveram várias destinações. “A cessão do imóvel ao TJMMG foi correta, uma vez que a Justiça Militar estava diluída em outras unidades e, do ponto de vista processual, com a integração das duas instâncias nesta nova sede, o tribunal terá melhores condições de trabalho”, observou.

O Cel Sant´Ana, por sua vez, se disse satisfeito em presenciar um evento que tem o propósito de oferecer aos jurisdicionados – juízes militares, juízes togados e demais servidores - um espaço próprio definitivo, onde, por certo, será dada continuidade aos bons trabalho que sempre foram uma marca do TJM. O oficial destacou, ainda, a importância da Justiça Militar tanto para as instituições militares, que confiam na atuação do segmento, quanto para todos os mineiros, que já conhecem a celeridade e seriedade com as quais os casos são julgados. 

Já o presidente do TJMMG, Coronel do Corpo de Bombeiros Osmar Duarte Marcelino, ressaltou que a nova sede é a realização de um anseio antigo, que vai agregar valor à Justiça Militar, pois dá condições mais dignas aos magistrados e servidores, por unificar as instâncias do Tribunal. E agradeceu a “atenção e apreço” do governador. (AF)

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO