sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Número de casos de agressão de mulheres contra homens cresce 10% em MG





Foram 139 denúncias em 2012, contra 128 em 2011

Apesar de muitos ainda considerarem a situação "vergonhosa", cada vez mais os homens têm procurado a polícia para denunciar agressões vindas de suas parceiras. Segundo dados da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), o aumento de registros em um ano foi de 10%, com 128 casos em 2011 contra 139 de 2012.

Como não existe uma legislação específica para proteger os homens como acontece no caso da Lei Maria da Penha, que defende mulheres vítimas de violência doméstica, as denúncias precisam ser feitas como queixa-crime. A situação é questionada pelo pedreiro Vantuil Coelho, que resolveu assumir que apanha da mulher e pede providências.

— Como existe essa [Lei] Maria da Penha, e agora vai ser do homem, eu espero que essa lei seja com o meu nome: Vantuil Penoso.

Estimulado pela confissão do pedreiro, o auxiliar de monitoramento ambiental Carlos Alberto Cruz resolveu assumir que também apanha da mulher. Ele diz que precisou sair de casa após uma denúncia da companheira com base na Lei Maria da Penha.

Sensibilizado com o caso do pedreiro, o advogado criminalista Simeão Moreira resolveu "comprar a briga" do pedreiro. O homem irá defender, de graça, o caso do homem na Justiça, por também acreditar que deveria existir uma lei específica contra os abusos para os homens.

Fonte: R7

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO