quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Soldados são presos por chacina durante greve da Polícia Militar na BA




Quatro moradores de rua foram mortos no bairro da Boca do Rio em 2012.Outras três pessoas foram assassinadas dentro de um bar no mesmo dia.Três policiais militares foram presos por suspeita de participação em uma chacina ocorrida no dia 3 de fevereiro de 2012, durante a greve da PM na Bahia, no bairro da Boca do Rio, em Salvador. Na ocasião, quatro moradores de rua foram mortos.A polícia informou que o grupo também é suspeito de participar da morte de outras três pessoas no bairro da Engomadeira, também no dia 3 de fevereiro de 2012. Um quarto soldado apontado como membro do grupo está foragido.Os três PMs estão presos desde 4 de janeiro, no Batalhão de Choque da Polícia Militar, em Lauro de Freitas, situada na região metropolitana da capital baiana, mas o caso só foi divulgado nesta quarta-feira (16). Dois soldados são lotados no16º Batalhão da Polícia Militar (BPM), em Serrinha, enquanto que os outros atuam na 39ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), em Salvador.Quatro moradores de rua foram executados com disparos de arma de fogo calibre 38 no bairro da Boca do Rio, em Salvador, no dia 3 de fevereiro de 2012. De acordo com a polícia, os policiais apontados como responsáveis pelo crime chegaram a ser presos pelos assassinatos, mas foram liberados pela Justiça no mesmo mês.As investigações apontam que, antes de praticarem os assassinatos, os suspeitos se identificavam como policiais e, em seguida, obrigavam as vítimas a deitarem no chão ou ficarem com o rosto voltado para um muro. O grupo também oferecia serviços de segurança clandestina para comerciantes e para traficantes que agem nos bairros onde os crimes aconteceram, informou a Polícia Civil.Também no dia 3 de fevereiro de 2012, três pessoas foram mortas dentro de um bar, no final de linha do bairro da Engomadeira. Elas não tinham passagem pela polícia. Testemunhas relataram que os quatro PMs chegaram ao local a pé, renderam todos que ali estavam e obrigaram as três vítimas a ajoelharem. Depois, efetuaram os disparos. (G1).

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO