quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

SP: novo comandante descarta crise na GCM





"Foco dessa nova administração é aumentar as ações da guarda, possibilitando que o agente esteja mais próximo do cidadão", afirma

Bias lembrou que envolvidos em casos de confronto com populares já foram punidos / Reprodução/ArquivoBias lembrou que envolvidos em casos de confronto com populares já foram punidosReprodução/Arquivo

“A GCM não tem problemas. Acontece que, com o inicio de uma nova gestão (de Fernando Haddad), novas prioridades são apresentadas e o foco dessa nova administração é aumentar as ações da guarda, possibilitando que o agente esteja mais próximo do cidadão”, disse.

De acordo com o comandante, a intenção da GCM é aumentar a atuação em locais como escolas, por exemplo, e fazer com que os agentes atuem como mediadores em locais abertos e de grande movimento, como parques. “Com isso, nós teremos uma comunicação mais ampla e próxima com essas comunidades”. 

Sobre os confrontos entre guardas e populares, como os que aconteceram na praça Roosevelt, Bias ressaltou que os envolvidos nos casos já foram punidos e que, a partir de agora, mais investimentos serão feitos em orientação, para evitar novas ocorrências.

“A melhor forma de se evitar isso é orientação. Por isso nós vamos investir fortemente na orientação constante do guarda”, afirmou o novo comandante da GCM.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO