sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

CPqD desenvolve projeto com o Centro Tecnológico do Exército






O CPqD assinou recentemente um contrato com o Centro Tecnológico do Exército (CTEx) para a pesquisa e desenvolvimento de um projeto de Rádio Definido por Software (RDS) voltado para a Defesa. Com duração prevista de três anos, o RDS de Defesa faz parte de um projeto estratégico e mais amplo mantido pelo Ministério da Defesa brasileiro.

Segundo o General de Brigada Claudio Duarte de Moraes, Chefe do CTEx, trata-se de um projeto importante para as Forças Armadas, que se posiciona no estado da arte das comunicações militares. “Seu objetivo é promover a interoperabilidade nas comunicações via rádio das Forças Armadas do Brasil, por meio do desenvolvimento de protótipos de rádio baseados no conceito RDS, uma área sensível no contexto da defesa cibernética”, explica o general Moraes.

Para o CPqD, o contrato com o CTEx abre uma nova frente de atuação, em uma área importante para o país. “Com esse projeto, temos a possibilidade de contribuir efetivamente para o desenvolvimento de uma tecnologia estratégica para a Defesa nacional”, afirma Hélio Graciosa, presidente do CPqD.

O conceito de Rádio Definido por Software – ou, em inglês, Software-Defined Radio (SDR) – surgiu no Departamento de Defesa dos Estados Unidos, a partir da necessidade de ter equipamentos de rádio capazes de interagir com várias interfaces aéreas ao mesmo tempo, nas diferentes faixas de frequência existentes. Para isso, os componentes do sistema de radiocomunicação (moduladores/demoduladores, mixers, filtros, amplificadores, etc.), usualmente em forma de hardware, passaram a ser implementados por software em computadores comuns (PCs) ou em sistemas embarcados.

“Com o RDS, é possível executar novas funcionalidades por meio de software e transmitir formas de onda criptografadas em diferentes frequências de operação, utilizando um mesmo hardware genérico do rádio transmissor e receptor. Isso torna o sistema de rádio programável, extremamente seguro e de fácil operação”, resumo Paulo Cabestré, diretor de Redes Convergentes do CPqD.

Sobre o CPqD

O CPqD é uma instituição independente, com foco na inovação em tecnologias da informação e comunicação (TICs). As soluções do CPqD são utilizadas por empresas e instituições no Brasil e no mercado internacional, em setores como telecomunicações, energia elétrica, financeiro, industrial, corporativo e administração pública. Atuando há 36 anos, o CPqD conta com mais de 1.400 profissionais altamente capacitados, reconhecidos por sua criatividade e comprometimento com elevados níveis de qualidade. Possui hoje o maior programa de P&D da América Latina na sua área de atuação e tem como objetivo contribuir para a competitividade do País e a inclusão digital da sociedade, levando ao mercado tecnologias de produto, sistemas de missão crítica, serviços tecnológicos e consultorias que beneficiam grandes e pequenas empresas, aumentando a eficiência desses negócios e alavancando o empreendedorismo no Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO