domingo, 3 de março de 2013

Grupo de elite da polícia vai atuar no Mundial de 2014






Com 26 anos de existência e experiência em situações de alto risco, como sequestros, ameaças de bomba, resgates de reféns e rebeliões, o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar tem pela frente uma missão diferente. Os policiais irão participar, pela primeira vez, da segurança de eventos. Os treinamentos já começaram, e a estreia será na Copa das Confederações, em 2013. A presença do Gate na Copa do Mundo de 2014 também está fechada.
"As nossas atividades serão desempenhadas em conjunto com os demais policiais. A resposta nesse tipo de evento deverá priorizar a rapidez e a precisão para que não se ofusque o espetáculo. Esse é o
trabalho do grupamento", afirmou o comandante do Gate, tenente-coronel Marcelo Vladimir Corrêa.
O treinamento é diário e junto com colegas do patrulhamento de rotina de Belo Horizonte. Todos os cem militares do Gate participam das atividades, que envolvem simulações de situações de risco e uso de táticas de salvamento, além de teste de equipamentos tecnológicos, como aparelhos para a remoção de explosivos.
De acordo com o sargento Maurício Carlos de Souza, a revisão de casos antigos faz parte das aulas. "Trazemos o que de bom aconteceu em uma ocorrência e também tentamos identificar e melhorar o que não deu certo. Cada caso é tratado de forma diferenciada, mas serve de parâmetro para ações futuras."
Além das simulações físicas, a equipe ainda estuda métodos de psicologia, sociologia, geografia, química, física e biologia. "Nós não trabalhamos apenas com a parte física do policial. O conhecimento em várias áreas é um diferencial para a resolução de cada ocorrência. Lidamos com emoções, tensões e, o principal, a vida das pessoas", explica o tenente Francis Albert Cotta Formiga.
Para os eventos esportivos, o Gate investe em mediação de conflitos, vistoria em espaços públicos, identificação e desarticulação de criminosos. Todo o aparato já é usado durante as ações rotineiras da polícia especializada.
Legado
A Copa das Confederações, primeiro evento oficial do calendário esportivo, servirá como um teste para os militares. "Neste ano, teremos um público significativo e variado nos jogos. Acreditamos que será neste primeiro evento que iremos ajustar toda nossa ação e deixar tudo pronto para a Copa do Mundo", avalia o tenente Formiga.
A ideia, segundo o comandante Corrêa, é aproveitar o aprendizado em ações futuras. "Já estamos pensando nas Olimpíadas de 2016. Minas não está no calendário esportivo desse evento, mas também receberá turistas de todo o mundo, e precisamos estar preparados."
Especialistas em salvamento em mata e risos
Quem pensa que o Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) atua penas em centro urbanos está enganado. O batalhão possui uma equipe especializada em intervenções em áreas de mata fechada e difícil acesso. Rapel, salto em rios, escaladas em montanhas e estudos geográficos sobre matas e florestas são algumas das funções desempenhada pela equipe.
Com treinamento voltado para sobrevivência em selvas, os militares são qualificados em sobrevivência e lugares extremos, mergulho e escalada em montanhas e cachoeiras. " Estamos preparados para qualquer tipo de busca e captura em locais estremos", explica o capitão Cleiton Ricardo Soares.
Caso recente e de sucesso ocorreu em abril do ano passado. A equipe comandou o salvamento da estudante Sarita Marques Batista, em São Roque de Minas, região Centro-Oeste de Minas. A jovem havia sido sequestrada pelo primo dela, que invadiu a propriedade da família e levou a jovem como refém.
Na época a estudante foi levada para uma floresta localizada nas mediações da fazenda dos parentes. "Nossa equipe mapeou a área e conseguiu localizar o cativeiro. Isso foi um resultado positivo porque conseguimos uma resposta eficaz salvando a vida da refém", disse o capitão Cleiton Soares.
GATE
É composto por cinco equipes táticas estruturadas em cronologicamente:
*Time Tático
*Esquadrão Antibomba
*Comando de Operações em Mananciais e Áreas de Florestas
*Equipe Sniper
*Time de Gerenciamento de Crise


Fonte: O Tempo

Fonte: http://www.serradasaguas.com

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO