terça-feira, 5 de março de 2013

Sejus e Polícia Militar iniciam revista no Compaj, em Manaus





Segundo coronel da Sejus, objetivo é encontrar novas rotas de fugas.
200 policiais militares estão trabalhando na operação nesta terça-feira.

Ana Graziela MaiaDo G1 AM


Vistoria tenta combater drogas na unidade (Foto: Carlos Eduardo Matos/G1)Sejus e PM realizam revista no Compaj
(Foto: Carlos Eduardo Matos/G1)
A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejus) em parceria com a Polícia Militar realizam uma revista em todo Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), localizado na BR-174, Zona Rural de Manaus. A ação teve início às 6h desta terça-feira (5) e, segundo o secretário-executivo de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejus), coronel Bonates, o objetivo é conseguir evitar novas fugas do local. No último sábado (2), 42 detentos conseguiram escapar do presídio através de um túnel.
Bonates informou que serão procurados celulares e ferramentas, além de possíveis pontos suscetíveis de fuga. "Todo o sistema do Compaj será vistoriado minuciosamente. Pretendemos acabar o trabalho somente por volta de 12h", disse.
O comandante da Polícia Militar, coronel Almir David, informou que 200 policiais estão trabalhando na operação. Segundo ele, participam da ação integrantes da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam), Força Tática, Tropa de Choque, Companhia de Operações Especiais e o Canil da PM.
Fuga
Na tarde de sábado (2), 42 detentos fugiram da unidade prisional por um túnel escavado nos fundos do presídio. O tenente Ribeiro, da Força Tática, informou que quatro carros estavam na frente da cadeia dando suporte à fuga dos detentos, que se comunicavam com pessoas de fora do presídio por celular. Mais de 100 policiais militares foram deslocados para o local, onde foram iniciadas as buscas em uma mata em área próxima à cadeia.
O tenente informou que os presos fugiram da cadeia por um buraco, que media um metro de altura por 1,90m de largura no muro, supostamente feito pelos próprios detentos. A rota de fuga foi fechada por agentes da Sejus para evitar que mais presos tentassem escapar.
Através de nota, a Sejus disse que a fuga dos internos do Compaj, ocorreu por volta de 15h. A ação aconteceu por meio de um túnel no pavilhão 1. Logo após o ocorrido, os presos retiveram um agente disciplinar e alguns visitantes, mas após poucos instantes todos foram liberados e não houve feridos.

Fonte: http://g1.globo.com

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO