quinta-feira, 26 de setembro de 2013

A Mega Quadrilha: "A imoralidade reinante no país"




Foto: net
Vídeo - http://www.youtube.com/watch?v=wlfDR7j7KWs 


O ex-presidente como é de costume procurou e encontrou, como sempre, um palanque para expressar seus raciocínios intestinais. O fato ocorreu no dia 28/08 em um evento da Central Única dos Trabalhadores (CUT), que na ocasião comemorava seus 30 anos de desserviços prestados ao país. Ele sem nenhum conhecimento de causa; primeiro, por ser um semianalfabeto que tem preguiça de ler e, não acreditando em suas limitações, resolve defender o programa "Mais Médicos", carro chefe de uma política suja, para uso na tentativa de eleger um terceiro poste, desta vez para o governo do Estado de São Paulo.

Suas palavras: "Acho abominável um grupo de pessoas (referindo-se aos acontecimentos de Fortaleza) fazer protesto contra profissionais de outros países, que fizeram um favor para nós de vir ao Brasil cobrir os lugares que os médicos brasileiros não querem ir". Esse indivíduo é simplesmente ridículo e encarna a imoralidade reinante no país. O pior em tudo isso é que no final ainda encontra uma imprensa comprometida com a quadrilha. Uma imprensa dependente da superfaturada publicidade oficial e que para continuar mamando nas tetas do governo dá total apoio e divulgação a tais aberrações. Uma agressão direta à sociedade não comprometida com o esquema de corrupção reinante.

Hoje um obtuso colega (sou médico) cooptado pelo Palácio do Planalto e travestido de Ministro da Saúde declara para a grande imprensa que "Cubanos têm muito a nos ensinar". Ora senhor ministro!!! Após 36 anos exercendo a profissão, eu não tenho nada a aprender com cubanos, em nenhum aspecto, seja médico ou ideológico. Talvez você tenha, porque para quem nada sabe, e dando o desconto do mau caratismo, o que lhe vier é lucro. Eu, ao contrário, tenho muito a ensiná-los e o farei com muito prazer. Inicialmente mostrando-lhes como deixar de ser escravos de uma regime apodrecido, que em 50 anos levou seu país ao caos, e que hoje, caindo aos pedaços, seus dirigentes fazem acordos espúrios com o desprezável governo brasileiro, que tenta repaginar o tráfico de escravos. Governo corrupto com governo corrupto se entendem, a diferença será em dólares para a campanha eleitoral de 2014. Não é mesmo?


Humberto de Luna Freire Filho
médico, cidadão brasileiro sem medo de corruptos
São Paulo/Capital
CREMESP 35.196
CREMERJ 26.078
Rg 5.529.325 - SSP/SP


Fonte: http://www.jornaldapaulista.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO